sábado, 9 de janeiro de 2016

Para sempre, Marilyn




Precisaram achar os escritos pessoais de Marilyn Monroe para finalmente concluírem que ela foi uma grande atriz.

De fato, Marilyn foi muitas coisas. Resiliente, autodidata, talentosa, disciplinada, dessincronizada da sua época (thanks god!), focada no seu sonho de infância, que viraria objetivo na vida adulta: ser uma atriz. 

Contrariando todas as depreciações que a mídia lhe fez ao longo da vida, Marilyn estava longe de ser a cabecinha oca, a loira burra, entre tantos rótulos que lhe atribuíram. Ávida por conhecimento e cultura, devorava páginas e páginas de bons livros, que foi juntando no decorrer da vida, uma honorável biblioteca. Mais de 400 títulos de escritores e obras consagradas, entre os quais, grandes poetas, porque Marilyn encontrava-se em muitas poesias, chegando, ela mesma, a arranhar uns versos. Mas afinal porque a dúvida se ela era ou não uma grande atriz? Acho que se deve, antes de mais nada, questionar a capacidade das pessoas que não reconheceram, ou não quiseram reconhecer, seu talento, porque Marilyn criou e interpretou o mais grandioso personagem de todos os tempos: ela mesma! 
Para toda a eternidade. 
Mesdames e messieurs, s'il vous plaît... 
Ladies and gentlemen, please...

Palmas para a grande... Marilyn Monroe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...